Alguns dias atrás foi necessário criar um diagrama da interligação dos switchs de onde trabalho, precisava ser com urgência, não sabia bem qual usar, até arrisquei o palpite e instalei alguns no computador que utilizo, porém não obtive sucesso, não estava com tempo para estudar as ferramentas.

Depois de uma pesquisa rápida pela web achei um editor online, draw.io, também possui versão para instalação, praticamente para todos os sistemas operacionais. Como estava com pressa, usei online e fiquei surpreso como era fácil e intuitiva sua utilização.

Não é necessário realizar cadastro para utilização, basta informar se você deseja criar um diagrama ou abrir um diagrama existente.

Tela para criação ou edição de diagrama
Tela para criação ou edição de diagrama

Escolhendo a opção Create New Diagram será aberta uma janela com várias possibilidades de diagramas disponíveis na ferramenta, basta selecionar a que satisfaça suas necessidades.

Escolha da área do diagrama a ser criado
Escolha da área do diagrama a ser criado

No meu caso específico, optei pela opção network, neste momento, essa opção possui 13 formas diferentes para representar uma rede.

Exemplos possíveis de um diagrama de rede
Exemplos possíveis de um diagrama de rede

Escolhi uma que satisfazia minhas necessidades e comecei a editar para deixar com as informações necessárias sobre o “mapa” dos switchs.

Tela de trabalho para edição do diagrama
Tela de trabalho para edição do diagrama

Depois de finalizado existe a opção de exportar em imagem e também salvar uma versão editável que pode ser carregado para o sistema web quando for necessário alguma atualização. Você pode salvar fisicamente em seu computador através de download de um arquivo em XML ou salvar em drives como Google Drive ou OneDrive.

Evite não usar a nuvem para salvar seu projeto caso use a versão online, você pode perder todo um trabalho por queda de energia ou internet usando seu computador como destino para o diagrama.

Para qualquer correção, sugestão ou critica, deixe um comentário.

Abraços!

Categorias: Dicas Linux

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *